INSCREVA-SE PARA LIBERAR O SEU DOWNLOAD



Inscrever-se

Notícias Jonny Carvalho

China teve sua maior queda no mercado de smartphones desde 2013

China teve sua maior queda no mercado de smartphones desde 2013

Os negócios  de smartphones na China tiveram seu maior declínio neste primeiro trimestre de 2018, já que os embarques caíram para 91 milhões de unidades, de acordo com um relatório do grupo de analistas de mercado Canalys. Todos os anos desde 2013, os embarques de smartphones chineses alcançaram ou ultrapassaram 100 milhões de unidades trimestralmente. Este é o primeiro trimestre desde o quarto trimestre de 2013 que os números caíram abaixo desse benchmark.

Especialistas da Canalys sugerem que o mercado chinês está simplesmente se sentindo esgotado pelas intermináveis ​​campanhas de marketing de cada empresa de smartphones. “O nível de concorrência forçou cada fornecedor a imitar os portfólios de produtos e as estratégias de entrada no mercado dos outros”, disse o analista de pesquisa Mo Jia. Basicamente, as empresas de smartphones precisam se concentrar no desenvolvimento de modelos e recursos variados, em vez de saturar o mercado com dispositivos iterativos e várias campanhas publicitárias.

Mesmo diante desta situação, houve alguns vencedores que continuaram aumentando sua participação de mercado. A Xiaomi aumentou seu número de telefones para 12 milhões de unidades, marcando um salto de 37% em relação ao ano anterior. Concedido, o primeiro trimestre de 2017 foi um trimestre fraco para a Xiaomi devido a problemas de fornecimento, por isso não é um padrão igual para comparação. Mas a Xiaomi vem percorrendo o mercado chinês de smartphones com mais ofertas orçamentárias do que seus concorrentes, e foi impulsionada pela popularidade do Redmi Note 5 Pro.

Loading...

Sobre o autor | Website

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.