Notícias Natanael Pereira

ESQUECEU? LEMBRE AQUI!

ESQUECEU? LEMBRE AQUI!

Telstar 18: a bola da copa é high-tech

A bola que será utilizada na Copa do Mundo de 2018 é considerada a mais tecnológica já criada até hoje. Desenvolvido pela Adidas, o modelo conta com um chip NFC incluso – o que permite obter informações sobre ela a partir de um smartphone ou tablet.

Inicialmente, os dados coletados servirão apenas para testes, mas no futuro poderá ser possível determinar a velocidade ou a altura da bola durante o jogo.

Copa do Mundo de 2018

Uma versão com microcâmeras chegou a ser construída, mas as imagens capturadas não foram de muita serventia: segundo Roland Rommler, diretor global de tecnologias de futebol da Adidas, as imagens eram “nauseantes e não se podia ver muita coisa”. O design da bola é inspirado no modelo Telstar Elust, criado pela Adidas para a Copa do Mundo de 1970.

A empresa alemã já trabalha na confecção da bola que será utilizada na Copa do Mundo de 2022, no Catar. O desafio por lá será o de suportar as altas temperaturas do país.

“O chip funciona como um código de barras. O importante é o leitor, o chip é apenas uma parte. Na Copa a Fifa consegue ter todos os dados reais da bola, como deslocamento, velocidade, posicionamento global… A decodificação será feita só para a Fifa com as bolas da Copa”, revela Bruno Almeida, gerente sênior de relações públicas da adidas. “Para o torcedor, a bola terá um chip passivo, para evitar o hackeamento da bola. Ele foi desenvolvido para que o consumidor possa interagir”, diz.

Sobre o autor | Website

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.