Notícias Natanael Pereira

VAZOU DE NOVO! AGORA, SÃO 120 MIL USUÁRIOS QUE TIVERAM SEUS DADOS EXPOSTOS

VAZOU DE NOVO! AGORA, SÃO 120 MIL USUÁRIOS QUE TIVERAM SEUS DADOS EXPOSTOS

NameTests um site , que oferece um app com diversos testes com contas vinculadas com o Facebook, vazou dados de 120 milhões de pessoas que tinham contas da rede social. Após um ano em que a empresa já enfrentou um grande vazamento de informações pessoais, vendidas para companhia de marketing político Cambridge Analytica, que atuou na campanha eleitoral de Donald Trump, presidente dos Estados Unidos.

A falha foi divulgada pelo pesquisador Inti De Ceukelaire e foi detalhada, em inglês, em medium.

Essa iniciativa surgiu depois do caso da Cambridge Analytica. Quando foi detectado um problema enquanto trabalhava em um projeto do programa do Facebook que premia pessoas que descobrirem casos de abuso de dados pessoais por parte dos desenvolvedores de aplicativos para a rede social.

O NameTests exibia informações em JavaScript e elas poderiam ser coletadas por pessoas com conhecimento nessa linguagem de programação. Dados como fotos, publicações, lista de amigos e informações privadas poderiam ser acessadas por pessoas ou empresas sem o devido consentimento de seus donos.

 Facebook

Facebook

Após o Facebook ter sido informado, em 22 de abril deste ano, o site NameTestes.com mudou a forma como processa seus dados da rede social e resolveu o problema do vazamento. O Facebook chegou a limpar também dados residuais que ainda poderiam permitir o compartilhamento indevido de dados. Isso aconteceu porque o site não oferece uma forma de cancelar o login via Facebook.

Como você pode ver no vídeo, NameTests ainda revelaria sua identidade mesmo depois de excluir o aplicativo. Para evitar que isso aconteça, o usuário teria que excluir manualmente os cookies em seus dispositivos, já que o NameTests.com não oferece uma funcionalidade de logout.

Perguntas frequentes – Quantos usuários do facebook foram afetados?

De acordo com o Facebook, o NameTests tem mais de 120 milhões de usuários ativos por mês. Não tenho insights sobre quantos usuários forneceram dados para o aplicativo desde o lançamento, no início de 2015. É importante observar que, se essa falha fosse abusada, somente os usuários que realmente visitaram o site do invasor teriam seus dados vazados para o atacante.

Sobre o autor | Website

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.