Paralisação dos caminhoneiros suspendem as entregas dos Correios | Arquivo Social

Notícias Jonny Carvalho

Paralisação dos caminhoneiros suspendem as entregas dos Correios

Paralisação dos caminhoneiros suspendem as entregas dos Correios

Devido a paralisação dos caminheiros que teve início nesta última segunda-feira, 21, as operações dos Correios foram afetadas e devem atrasar as entregas de produtos comprados online no Brasil ou fora do país. Em notas, a empresa anunciou a suspensão da postagem de encomendas com data marcada (os Sedex 10, 12 e Hoje) e um aumento de cinco dias úteis no prazo de entrega das outras modalidades, como de serviço internacional, Sedex e PAC.

De acordo com os Correios, as paralisações afetam especialmente os veículos usados para fazer as entregas por terra. A empresa conta com 25 mil deles, os principais afetados pelos protestos, e também com 1.500 linhas terrestres e 11 linhas aéreas.

As manifestações dos caminhoneiros começaram há dois dias, fechando rodovias em todo o Brasil em protesto aos aumentos sucessivos no preço do diesel. Os protestos não fizeram a Petrobrás mudar de ideia em relação à política de preços. O governo, por sua vez, anunciou que deve eliminar a um dos tributos, a Cide, sobre o combustível dos caminhões, mas apenas depois de aprovar um novo projeto envolvendo folhas de pagamento. Porém, o corte imposto não vai representar uma boa redução no preço – e as paralisações podem continuar.

Sobre o autor | Website

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.

Este site usa cookies e outras tecnologias similares para lembrar e entender como você usa nosso site, analisar seu uso de nossos produtos e serviços, ajudar com nossos esforços de marketing e fornecer conteúdo de terceiros. Leia mais em Política de Cookies e Privacidade.