INSCREVA-SE PARA LIBERAR O SEU DOWNLOAD



Inscrever-se

Notícias Natanael Pereira

Boato de whatsapp – OLHA SÓ NO QUE DEU!!

Boato de whatsapp – OLHA  SÓ NO QUE DEU!!

“Não se deixem levar pelas mensagens falsas, ou pelos boatos nas redes sociais, e não ataquem ninguém com base em suspeitas”.

A polícia indiana pediu nesta quarta-feira (27) à população que ignorasse os boatos que circulam no WhatsApp sobre traficantes de crianças, que levaram a uma morte e vários feridos.

300 traficantes teriam chegado a Gujarat para sequestrar crianças e vendê-las, uma informação que deflagrou cinco casos de agressão em diferentes cidades desse estado do oeste da Índia.

Morte

Na cidade de Ahemdabad, cerca de 100 pessoas atacaram uma mendiga de 45 anos, identificada como Shantadevi Nath, e outras três mulheres, acusando-as de serem membros dos grupos de traficantes descritos nas mensagens.

“A multidão começou a dar chutes e socos nas quatro mulheres (…) provocando ferimentos graves em Shantadevi vindo a falecer pouco depois no hospital. Já nas outras ferimentos de menor gravidade nas outras três”, disse à AFP o chefe da Polícia local, JA Rathwa.

O fenômeno dos boatos não é novo na Índia, mas se acelerou e se disseminou com a democratização da Internet e com o uso em massa de aplicativos de troca de mensagens instantâneas, como o WhatsApp, propriedade do americano Mark Zuckerberg. São mais de 200 milhões de usuários ativos mensais na Índia, um país de 1,25 bilhão de habitantes.

“Todo o mundo usa o WhatsApp e, hoje, é a melhor plataforma para difundir ‘fake news’ [notícias falsas], porque a Internet móvel custa quase nada e todo o mundo na Índia tem acesso aos telefones celulares”, disse à AFP Pankaj Jain.

Loading...

Sobre o autor | Website

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.